Um evento sobre o enfrentamento da violência foi realizado na manhã desta terça-feira, 10, em Ampére.
 
A reunião aconteceu no anfiteatro municipal Ana Maria Basso e contou com a presença de secretários de várias áreas, servidores municipais, comando da Polícia Militar, Conselho Tutelar, representantes de escolas municipais e estaduais da cidade além da juíza da comarca de Ampére Úrsula Boeng.
 
O evento tinha por objetivo debater a construção da rede de proteção social de enfrentamento às violências contra a criança e adolescentes do município.
 
O Assistente Social da Secretaria de Assistência Social de Ampére Samuel Solano afirmou em entrevista à reportagem das Rádios Ampére AM e Interativa FM que “a rede de proteção é um trabalho de prevenção contra as violências, seja ela sexual, física, doméstica e psicológica. Essa reunião tem foco para as entidades terem um entendimento comum para atuar contra a violência. O trabalho vai contar com um coordenador em cada entidade para afunilar a atuação do projeto”.
 
A psicóloga da Secretaria de Assistência Social de Ampére Carla Martini destacou que a criação da rede é de extrema importância para articular ações que minimizem a violência no município gerando recursos para esse trabalho que começa pequeno, mas, que tem um grande objetivo.