A Delegacia de Polícia de Ampére, sudoeste do Estado, agora conta com equipamento de vídeo conferência. Na tarde desta segunda-feira, 27, o Conselho da Comunidade da Comarca local fez a entrega do material para a delegada Tais Melo. Ao todo foram investidos cerca de R$ 12.500 mil.
 
Para comprar o aparelho que possibilita a comunicação via imagens entre a 19ª SDP em Francisco Beltrão e a delegacia da cidade foram aplicados R$ 11.500 mil. Também foi comprado um televisor 32 polegadas no valor de R$ 1 mil. O presidente do Conselho, Peterson Bulgareli, enalteceu essa conquista. “Foi um pedido feito pelas nossas autoridades e conseguimos dar encaminhamento para que isso se tornasse realidade. Esse equipamento facilitará a comunicação entre a Polícia e os presos que são de Ampére. Isso vai otimizar o trabalho, economizar tempo de deslocamento para se conversar com um detento e assim trará ainda mais agilidade nas ações da nossa delegacia.”
 
A delegada Tais Melo comentou que a chegada desse equipamento trará muitos benefícios. “Esse é um sistema que a Polícia Civil do Paraná utiliza desde 2016 e com ele vários procedimentos podem ser feitos a distância, facilitando e dando rapidez ao trabalho. Então, como na Comarca de Ampére os presos ficam em Francisco Beltrão, esse contato com os detentos acaba ficando prejudicado. Ou nossa equipe se deslocava para lá ou os presos eram trazidos para cá. Agora isso não se faz mais necessário e até o Conselho da Comunidade também utilizará o equipamento quando for necessário ter contato com algum preso.”
 
A delegada ainda agradeceu o empenho de todos nessa conquista. “Temos que valorizar o trabalho do Conselho da Comunidade por ter aceitado esse projeto de instalação do equipamento de vídeo conferência e ainda destacar o apoio dado pelo Poder Judiciário da Comarca e o Ministério Público. Sem esses agentes isso não seria possível.”
 
COBERTORES
O Conselho da Comunidade também repassou cobertores que serão disponibilizados para os presos que estão na 19ª SDP de Francisco Beltrão. De acordo com o presidente da entidade foram aplicados cerca de R$ 600 na aquisição desse material.
 
Peterson Bulgareli também informou que neste ano já foram investidos quase R$ 18 mil em diversas ações. Além desses materiais já citados, ele disse que foram adquiridos kits de higiene para os presos da 19ª e tecido para confecção de moletom e repassado para a Penitenciaria Estadual de Francisco Beltrão.